Manutenção preventiva para caminhão: Como fazer

Sabe qual o melhor remédio que existe? A precaução. Esse lema pode ser aplicado em praticamente todas as situações da vida, inclusive quando estamos falando de caminhões. Isso porque para evitar maiores dores de cabeça com o seu pesado, é indicado ter um pouco de cautela. Nesse sentido, uma manutenção preventiva para caminhão será sempre bem-vinda.

O constante uso de um equipamento, como um caminhão, deixa os seus sistemas mais propensos à falhas, prejudicando o seu rendimento e, em casos mais graves, fazendo com que seja necessário para a utilização. Diante desse cenário, como não é possível conter a ação do tempo e uso, uma boa manutenção preventiva consegue controlar os seus efeitos.

Por isso, quer saber o que você deve ficar atento durante essa manutenção para garantir que o seu caminhão esteja sempre pronto para cair na estrada? Então, é só continuar com a leitura desse artigo até o seu final. Além disso, você também vai conhecer conhecer os tipos e diferenças entre as manutenções que existem.  

Tipos de manutenção 

Tipos de manutenção

Antes de saber de fato o que fazer para garantir uma boa manutenção preventiva para caminhão, entenda de fato o que significa esse termo e os outros ligados a manutenção:

Manutenção Preventiva

Manutenção Preventiva

Como o próprio nome já indica, a manutenção preventiva é aquela que ocorre antes de que algum problema possa acontecer. Ou seja, seguindo uma rigorosa rotina de avaliação, verificação e previsão, é possível detectar componentes que podem dar problema futuramente e trocá-los, por exemplo. Com isso, se garante que um problema não acabe gerando outro e piore a situação, sendo o método de manutenção mais barato.   

Manutenção Corretiva

Manutenção Corretiva

Talvez esse seja o método de manutenção mais conhecido pelo mundo afora. A manutenção corretiva se baseia basicamente na ideia de só realizar alguma troca de componente ou reparo quando realmente surgir algum problema, como um carburador furado, por exemplo. Esse tipo de cenário acaba elevando os custos da manutenção, uma vez que as demandas precisam ser resolvidas de última hora.  

Manutenção Preditiva

Manutenção Preditiva

Esse tipo de manutenção já se aproveita dos recursos mais modernos que existem no mercado, sendo um pouco mais oneroso. Isso porque na manutenção preditiva são utilizados aparelhos de medição específicos que detectam o desenvolvimento de algum problema e indicam quando irá ocorrer uma falha. Muitas vezes, esse indicadores só conseguem ser notados através desses equipamentos. 

7 pontos para levar em conta na manutenção preventiva para caminhão

7 pontos para levar em conta na manutenção preventiva para caminhão

Conheça abaixo alguns quesitos que sempre devem ser levados em consideração quando se executa uma manutenção preventiva para caminhão: 

1 – Checagem dos pneus

Checagem dos pneus

Pode parecer bobagem, mas a verificação do bom estado dos pneus é quesito fundamental durante uma manutenção. Os pneus são os responsáveis por boa parte da estabilidade que um caminhão possui, devendo ser um item obrigatório a ser conferido.

Sendo assim, qualquer sinal de vazamento, furos, cortes, baixa calibragem ou até mesmo ferrugem nos parafusos da roda deve ser motivo de preocupação e passível de reparo. è preciso ficar atento a cada detalhe e sinal para que uma possível troca seja realizada com segurança. Não esqueça dos steps nessa checagem. 

Check List do caminhoneiro

2 – Verificação do óleo do motor

Verificação do óleo do motor

Outro ponto básico para uma revisão, mas que por vezes acaba sendo esquecida é a questão do óleo do motor. Com a alta exigência sobre o motor devido ao seu uso constante, é fundamental ter atenção ao óleo que está sendo utilizado, sendo indicado a troca constante desse fluído para garantir a segurança do caminhão.

Esse deve ser um dos itens primordiais de qualquer manutenção preventiva para caminhão, uma vez que a não lubrificação correta do motor pode levar a fundição do componente, o que pode ser fatal se ocorrer na estrada, por exemplo. Assim, se atente as recomendações dos fabricantes e faça as trocas nos momentos certos.  

3 – Qualidade dos filtros

Qualidade dos filtros

Assim como a dica apresentada no tópico anterior deste artigo, os filtros do caminhão, de óleo, de combustível e de ar do motor, também devem receber uma atenção especial e seguir a recomendação dos fabricantes de troca. O ideal é que sempre sejam usados produtos originais nessa troca, garantindo que o caminhão continue tendo máxima eficiência.

4 – Sistema elétrico

Sistema elétrico

O quarto aspecto que também deve ser levado em conta durante uma manutenção preventiva para caminhão é o seu sistema elétrico. A bateria do caminhão deve sempre contar com a sua solução destilada em níveis adequados para o seu uso, enquanto que os polos não podem apresentem qualquer tipo de impureza.  

O alternador também deve estar em perfeitas condições de uso. Além disso, deve ser verificado periodicamente a condição dos faróis, setas e luzes de freio, pois qualquer problema com algum desses itens pode gerar multas em uma fiscalização.  

5 – Sistema de transmissão de marchas

Sistema de transmissão de marchas

O sistema de transmissão é responsável por transmitir a rotação do motor às rodas de tração do caminhão. Ou seja, a mudança de uma marcha gera a diminuição ou aumento das rotações por minuto (RPM), o que gera atrito no sistema. Diante disso, também é preciso ficar atento a esse sistema, mantendo a sua lubrificação necessária.  

Nesse caso, ficar atento ao ruído emitido ao passar a marcha ou reparar se está sendo necessário utilizar um força maior para realizar esse processo, podem indicar se está no momento ou não de uma troca ou reparo.  

6 – Suspensão

Suspensão

O sistema de sustentação também merece uma atenção especial quando tratamos de uma manutenção preventiva. Sendo assim, na suspensão deve ser checado o estado das molas, dos batentes, bandejas, barra estabilizadora, entre outros, além da lubrificação dos pinos de suporte e centrais.

Caso a suspensão do seu caminhão seja pneumática, as mangueiras e válvulas também necessitaram de um cuidado constante para evitar maiores problemas. 

7 – Freios

Freios

Por último, mas não menos importante, o sistema de freios precisa ser checado rigorosamente em uma manutenção preventiva. Isso porque a frenagem dos veículos pesados é mais desgastante exigindo um mais de todo sistema, devido ao peso total do veículo.

Com isso, para assegurar o bom funcionamento deve ser conferido a pressão no manômetro corresponde à pressão indicada, a ocorrência de vazamentos no sistema, ressecamento das mangueiras e qual é o estado do compressor. Pastilhas e lona de frio também devem ser levadas em consideração nessa análise. 

Conclusão

De uma forma geral, a manutenção preventiva para caminhão se apresenta como uma forma muito mais fácil de se evitar maiores problemas sem ter um gasto muito elevado. Gostou desse conteúdo? Então aproveite para conhecer mais sobre o mundo dos pesados no nosso blog. É só clicar aqui
E se você não segue o CEC nas redes sociais não perca tempo e nos siga no Instagram.

Infográfico: o que todo caminhoneiro precisa ter dentro do seu caminhão

Conteúdo Originalmente postado em: Manutenção preventiva para caminhão: Como fazer.

Publicado por Ana Maria Rodrigues

Olá eu sou a Ana, e adoro compartilhar minha vida com minha família. Sou Casada com Luis Rodrigues e tenho 3 lindos filhos, Luiz Filho, Maria Gabriela e Luiza. Atualmente eu e meu marido trabalhamos na nossa revendedora de caminhões, Caminhões Rodrigues , na qual revendemos caminhões usados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: